Em geral baseados nas grandes redes sociais como Facebook, Orkut e agora o Google+, os jogos sociais já tem grande popularidade entre os usuários. Esse sucesso tem trazido lucro e exposição para diversas empresas, além de ser uma oportunidade para jogos tradicionais.

A maior parte desse lucro vem de publicidade, seja por venda de espaço publicitário ou ações de marketing. Outra fonte de receita seria a venda de itens virtuais, créditos extra e funções premium. Focando no redimento, as empresas desenvolvedoras sempre procuram a evolução de seus jogos, de forma que adquiram novos usuários, anunciantes e ainda tenham novas funções para vender.

Os próprios anunciantes têm encontrando uma boa forma de expor sua marca com os jogos sociais. Não somente através de anúncios, mas também por ações publicitárias que geram buzz e posicionam a marca. A cantora Lady Gaga, por exemplo, promoveu o álbum “Born This Way” no jogo FarmVille. A Zynga, empresa responsável por esse jogo, criou o “Gagaville” que era um espaço com o estilo da cantora e que disponibilizava suas novas músicas através de interações especiais.

Assim como o exemplo da Lady Gaga,  diversas empresas e marcas tem desenvolvido ações de marketing em parceria com esses jogos. Esse tipo de campanha exige engajamento do público, aumentando o envolvimento e ainda divulgando-a entre os amigos de cada usuário. Esse envolvimento também ajuda no posicionamento, pois demonstra um novo conceito que a marca está passando através do jogo. Isso é muito vantajoso, pois chama a atenção do público-alvo de uma forma diferente e marcante.

Layout do Gagaville

Veja como ficou o Gagaville

Diante desse sucesso o investimento em novos jogos tem sido alto, sendo que várias promessas já foram anunciadas. O próprio Facebook tem um projeto que pretende gerar, neste ano, US$ 1 bilhão em receita com jogos sociais. Com cerca de 750 milhões de usuários, é previsto que essa estimativa cresça bastante nos próximos anos. Afinal, essa rede possui um público muito grande e que permite a aplicação de diversos projetos.

Muitas empresas de jogos reais e virtuais também têm investido no social. Nesse ano podemos observar diversos jogos famosos que foram lançados no meio social. Em geral lançados através do Facebook, jogos como Cara a Cara, Monopoly e recentemente o The Sims Social, são as maiores apostas dessas empresas. Algumas delas já tem resultados positivos com esse investimento, seja por propagandas, itens premium ou até mesmo posicionamento de marca.

Jogo The Sims Social

Clique na imagem do The Sims Social para vê-lo ampliado

Jogo Social Monopoly

Clique na imagem do Monopoly para vê-lo ampliado

Podemos observar que os jogos sociais estão transformando a experiência real no social, uma vez que tem investido em novas ações de marketing, formatos de jogo e até produtos online. É possível prever que a evolução da internet ajudará a melhorar o desempenho desses jogos para que fiquem cada vez mais atraentes e aguardados pelo público. Assim, aprimorando cada vez mais a experiência de jogo e interação entre os usuários.