+55 19 2517 2045 [email protected]

As plataformas de redes sociais são no âmbito digital formadoras de interação social, local de troca de interesses comuns e, principalmente, de informações rápidas. As organizações e empresas – de pequeno, médio e grande porte – já se deram conta do quanto é importante fazer uso desses canais para divulgar sua marca e fidelizar seus consumidores.

Algumas técnicas são essenciais para potencializar o sucesso das empresas na internet. Confira 8 dicas que irão tornar seu negócio lucrativo em 2016!

 

1 – Defina a rota

Já Imaginou pegar a estrada, mas não saber qual o destino? O mesmo acontece com uma rede social sem planejamento!  É preciso conhecer o perfil dos consumidores, analisar em quais mídias sociais eles estão presentes, ponderar quais redes sociais melhor se enquadram numa comparação de público x segmento, definir a linguagem que será utilizada para organizar a periodicidade das atualizações e desenvolver um plano de ação para que o resultado final atenda os objetivos do negócio e desperte o interesse do público-alvo.

 

2 – Seja relevante

Um conteúdo estratégico é avesso aos anúncios em que o usuário é forçado a ler e a assistir. É uma espécie de abordagem de consentimento, uma vez que, entrega informação apenas para as pessoas que buscam pelo assunto, por exemplo, posts que promovam engajamento sem a imposição da publicidade tradicional.

Atualmente, as decisões de compra estão cada vez mais embasadas na relação de confiança e credibilidade que os consumidores têm com a companhia. Nesse cenário, produzir textos originais e de qualidade é essencial para manter o público-alvo informado, sanar as suas dúvidas de forma indireta, alavancar as visitas no site da organização, compartilhar informação e aproximar os clientes da empresa.

Antes de produzir qualquer tipo de conteúdo é preciso ter em mente as diretrizes traçadas no planejamento estratégico, bem como orientar o discurso para a persona da empresa/marca e prezar pelo ciclo de engajamento e calendário editorial, elementos importantes para que os resultados sejam satisfatórios. Ainda é preciso estar munido de técnicas para conquistar o público e adaptar o conteúdo para as diferentes redes sociais.

Na imagem abaixo, temos o exemplo de um conteúdo bem aplicado. A estratégia aplicada resultou em 15,8K de alcance e 3,3K de envolvimento (cliques em publicação, curtidas, comentários e compartilhamentos), ambos de forma orgânica.

Imagem-BLog-Sawi_3

 

3 – Atraia seu público

Se o conteúdo tem que conquistar, a imagem tem que ser amor à primeira vista! O design de um post deve ser pensado para atrair o usuário, prender sua atenção, vender o produto e convencê-lo a ler o texto que acompanha a imagem. Segundo uma pesquisa realizada em 2015 pelo eMarketer, 83% dos acessos à internet são realizados por meio de dispositivos móveis. E o que isso tem a ver com a imagem? TUDO! É preciso pensar na visualização por dispositivos mobile, ou seja, uma imagem deve ter o mesmo impacto, independente se vista numa tela de cinema ou em uma tela de celular.

 

4 – Seja facilmente encontrado

Em determinadas redes sociais, como o Twitter e Instagram é imprescindível fazer marcações com tags e hashtags. A ferramenta tagear, ou seja, marcar o perfil de um usuário específico em determinado post. Essa estratégia permite ampliar a visibilidade dos posts e o número de seguidores! A conta é simples, se uma página com 1.000 seguidores tagueia um perfil que possui outros 1.000, as visualizações desse post podem dobrar.

As hashtags também são uma ferramenta importante do marketing digital. Elas transformam um termo em um hiperlink, permitem a indexação de outras publicações que utilizam o mesmo termo e servem como uma ferramenta de busca. Ao adicionar o símbolo e a palavra desejada, você possibilita que até mesmos usuários que não seguem seu perfil, encontre a sua publicação. Ainda é possível otimizar um post com o auxílio da marcação de localização – que assim como a hashtag permite encontrar quem esteve presente em um determinado espaço ou  mostrar em que cidade a sua organização esta presente. Todas essas ferramentas são efêmeras, mas o importante é ter sempre em mente a otimização e domínio das estratégias digitais para alavancar o seu conteúdo.

Imagem-BLog-Sawi_1

 

5 – Saiba o que falam de você

Existem várias ferramentas, que auxiliam no processo de monitoramento de marca na internet. Mas para que serve esse monitoramento? Para acompanhar o que estão falando sobre a sua marca ou concorrência, corrigir pontos negativos e aproveitar os comentários positivos para usar a favor do marketing, calcular a eficácia de campanhas, analisar dados e, em seguida, gerar relatórios para mensurar a performance da marca. Quer um exemplo real e bem sucedido de monitoramento de marca? Barack Obama! Isso mesmo, em sua campanha eleitoral de 2008, o atual presidente dos Estados Unidos usufruiu dos resultados do monitoramento para corrigir estratégias de comunicação com seu público.

 

6 – Atenda com excelência

Usuários insatisfeitos. Essas duas palavras são o terror das páginas nas redes sociais. Uma pesquisa a respeito do assunto, realizada pela Lead Pix, mostra que numa escala de 1 a 5, o brasileiro classifica o Facebook em 3,7 como melhor lugar para fazer contato com a empresa, utilizando as mensagens privadas ou comentários nos posts para expor suas dúvidas, reclamações ou elogiar a marca. Por isso, o atendimento on-line ao cliente, conhecido também como SAC 2.0, é um dos pontos mais importantes para se ter um negócio bem sucedido no mundo digital. Esse canal de relacionamento é ideal para gerir os sentimentos dos usuários e criar insights para o conteúdo.

 

8 – Promova-se!

Neste tópico temos o que podemos chamar de Trindade das redes sociais: a Mídia Própria, Mídia Orgânica e Mídia Paga. Todas são essenciais para o desenvolvimento da marca. Em poucas linhas consideramos próprio todo conteúdo produzido pela marca, orgânico o alcance adquirido espontaneamente e pago toda mídia impulsionada para alcançar um maior número de pessoas. Vamos nos atentar a última opção, porque investir em mídia paga? Por que elas são facilitadoras e garantem que o público-alvo seja impactado e chegue ao site. Além disso, é importante criar anúncios específicos que se enquadrem nos veículos on-line para que a possibilidade de qualificar a página.

 

7 – Analise sua performace

Após todos esses pontos serem aplicados, é preciso verificar se a estratégia traçada no planejamento tem gerado efeitos positivos para as redes sociais. É importante mensurar todos os resultados, analise o engajamento, o número de SAC e a aceitação do público. As métricas são essenciais para nortear o caminho a seguir, analisar o que foi bem aceito nas redes sociais e o que não deu certo.

Imagem-BLog-Sawi_2

 

Se você se interessou e quer tornar seu negócio lucrativo nas redes sociais em 2016, entre em contato conosco! Somos uma agência digital com um time de profissionais que te ajudará a revolucionar seu negócio. Conheça a Sawi: http://goo.gl/P1tmsV.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Contato

Fale conosco

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Empresa

Website

Telefone (obrigatório)

Conte mais sobre o que precisa (obrigatório):

Preencha acima com o ano atual