Fundado em 2005, o YouTube, hoje, é uma das plataformas mais eficientes da internet. Com mais de 2 bilhões de vídeos sendo vistos por dia, sendo que tais visualizações vêm de pessoas de todos os cantos do mundo, era chegada a hora de arriscar e tentar algo novo, que aproxime ainda mais esse novo tipo de espectador do que é assistido. Foi então que, em 2008, começaram as transmissões ao vivo no site.

O primeiro evento transmitido ao vivo pelo YouTube veio da própria empresa. Batizado de YouTube Live (nome que hoje também batiza o serviço de transmissão por streaming do site, do qual falaremos mais para a frente), o evento transmitiu performances de celebridades do YouTube e celebridades mundiais como Akon e Katy Perry em novembro de 2008, comemorando o novo passo tomado.

Vindo para o Brasil, a primeira transmissão ao vivo voltada principalmente para o nosso país foi realizada no ano passado: o evento Sertanejo Live, com mais de 3 horas de duração, que exibiu em tempo real apresentações de alguns nomes do sertanejo nacional.

Certo que as transmissões ao vivo vindas de qualquer cliente poderiam ser realizadas através de sites alternativos como o Justin.tv, o Ustream e o Twitcam (este último interligado com o Twitter), mas o que o YouTube oferece é único, já que a  plataforma foi comprada pelo Google em 2006, aumentando o seu poder e abrangência em relação a qualquer outro serviço de hospedagem de vídeos.

Por ser uma plataforma consolidada e confiável, o YouTube já trouxe a transmissão de alguns eventos importantes, como o Casamento Real entre o Príncipe William e a então plebeia Kate Middleton, que alcançou 72 milhões de views, ou então o Coachella Festival 2011, que teve todos os seus shows transmitidos em um canal especial no qual era possível mudar entre os palcos, passando a sensação de que o espectador estava presente no festival.

Trecho de apresentação da banda americana The Strokes no Coachella 2011, transmitido ao vivo pelo YouTube na ocasião

O streaming em geral, aliás, vem aproximando cada vez mais as pessoas de seus eventos favoritos. Um show internacional pelo qual se desembolsa um bom dinheiro para ver ao vivo pode ser visto ao vivo também pelo YouTube, sem os problemas de necessidades de intervalos comerciais ou atraso de imagem como as transmissões de shows em canais abertos – o U2, por exemplo, foi a primeira grande banda a ter um show transmitido pelo YouTube, em 2009. Nomes como Paul McCartney e Arcade Fire também já fizeram uso da ferramenta.

Pensando em centrar cada vez mais esse modelo de transmissão, o YouTube lançou oficialmente seu serviço YouTube Live, que chega à websfera para combater com força os já velhos conhecidos, que eram os principais transmissores de conteúdo livre por streaming da internet até então. Sobre o novo serviço do YouTube, o The Wall Street Journal informa que o site estaria investindo 100 milhões de dólares no projeto.

Por enquanto o YouTube Live está disponível apenas para parceiros, mas logo será aberto à todos os usuários, que poderão fazer as suas transmissões ao vivo quando bem entenderem. Ou seja:  será possível transmitir um evento ou algo do tipo com a plataforma do YouTube, que fornece maior visibilidade e aceitação do público.

Todos os eventos transmitidos pelo YouTube Live podem ser vistos aqui: http://www.youtube.com/live