O  crescimento do e-commerce tem superado expectativas esse ano após ter fechado o primeiro semestre com aumento de vendas significativo. Com esses resultados, segundo a empresa de pesquisa de mercado e-bit é previsto um aumento de 40% nas vendas de Natal em 2010 totalizando R$ 2,2 bilhões em oposição aos R$ 1,6 bilhões em 2009. Em comparação a 5 anos atrás, quando o comércio online não alcançava a margem de R$ 500 milhões, é possível notar um crescimento expressivo. Com o aumento da demanda, as empresas de e-commerce podem aproveitar esse momento de mercado para se posicionarem e aumentar sua visibilidade nos períodos de sazonalidade como Natal, Dia das Mães, Dia do Pais, Dia das Crianças, etc.

Assim, para que as companhias possam atender essa procura e ao mesmo tempo não perder a fidelidade de clientes por não conseguir manter sua qualidade de serviços, é recomendando que planejem suas vendas antecipadamente. É importante que não só potencializem seus serviços como também cresçam com esse aumento de vendas.

Para isso, existem alguns fatores a serem trabalhados que podem auxiliar na preparação para essas épocas. Inicialmente, é importante que no comércio online os websites estejam atualizados, com textos corretos, imagens atualizadas e até com layout correspondente a ocasião ou mais moderno. Outro fator que pode influenciar nas compras são as ofertas especiais, conjuntos e kits, sorteio de brindes, etc. Esses podem ser divulgados no próprio website e em posição de destaque.

Uma boa forma de manter a competitividade e aumentar o potencial de vendas é trabalhar os websites em mídias sociais e fazer anúncios em grandes portais, que atualmente tem se desenvolvido tanto quanto o e-commerce. No entanto, esse tipo de divulgação deve ser feita apenas por especialistas, pois na web os usuários não só recebem a mensagem como também a divulgam, fazem reclamações e interagem com a marca. Por isso, é importante que esse recurso seja gerenciado de forma correta para melhor trabalhar a imagem dos websites.

Outra vantagem de trabalhar com o marketing digital é que através de ferramentas de mensuração a audiência e o tráfego podem ser monitorados de forma correta. Assim, recebendo um feedback que pode auxiliar na tomada de decisões e mensuração de demanda, ajudando no planejamento das empresas.

Uma questão a ser levada em consideração é a nova tendência em websites de comércio online que ao invés do cliente fazer cadastro antes da compra, é possível inserir no momento da compra somente as informações necessárias para entrega e pagamento para depois concluir o registro se desejar. Com isso, o público faz sua compra com mais facilidade ao invés de interromper o processo para fazer cadastro, essa opção tem trazido vários novos clientes para as empresas que adotaram o método. Assim, essa tendência pode ser explorada uma vez que as empresas estejam se planejando para o aumento de vendas.

Por fim, é relevante que as empresas procurem oferecer todas as formas de pagamento para não correr o risco de limitações na hora da compra. Assim como, devem manter a qualidade de logística atual mesmo com maior demanda, como já fora mencionado é importante que o serviço perca suas características para não perder fidelidade do público atual. Com o crescimento dessa área, as empresas que planejarem e tiverem maior adaptabilidade poderão se destacar mais.